Facebook da Linking Sites Instagram da Linking Sites LinkedIn da Linking Sites Twitter da Linking Sites Whatsapp da Linking Sites
Fone: (11) 96343-6272
CONTATO
BLOG
PLANOS
CLIENTES
EMPRESA
HOME
HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Criação de sites responsivos de alta performance

 >    >  
Publicado em 13/03/2019

Ter um site institucional atualmente é fundamental para empresas que querem fazer divulgação de produtos, serviços e expandir seus negócios. Parece um pensamento óbvio, mas muitas empresas ainda não possuem um site que traga bons resultados. Com a evolução da tecnologia, ficou muito mais fácil para pessoas com pouco conhecimento técnico, embarcarem neste universo de criação de sites responsivos e publicarem os seus.

Ferramentas intuitivas e sites gratuitos atraem empresários pela questão do custo, mas quais os reais benefícios que são alcançados seguindo por esta linha estratégica?

Outras empresas decidem montar suas estratégias exclusivamente através das redes sociais, uma Fan Page, um canal no Youtube, uma conta no Instagram ou até grupos de WhatsApp, mas novamente quais os resultados que podem ser atingidos com essas ações?

Nesta matéria queremos detalhar diversos conceitos que envolvem a criação de sites responsivos e o quanto eles podem alavancar seus negócios na Internet, desde que, planejados e executados com foco em resultados.

Por que investir na criação de um site responsivo

Qualquer iniciativa digital traz benefícios para as empresas, o simples fato de criar um site ou um canal nas redes sociais, pode auxiliar a transmitir uma imagem mais sólida para o mercado, mas o principal desafio não é criar estes novos canais de vendas e sim criar canais que aumentem o faturamento e o volume de clientes, se este for o seu interesse, continue lendo este artigo porque você terá informações muito importantes para atingir este objetivo.

Notebook, celular e tablet mostrando a criação de sites responsivos

Competição digital

Não são poucas as empresas que entram em contato conosco buscando melhorar seus resultados nas redes sociais e sites institucionais através de estratégias de marketing digital, isto porque mais importante do que criá-los é que eles tragam lucro e para isto é preciso ter visibilidade, se você não é visto você não é lembrado, já ouviu esta frase antes? Muito bem, para ter visibilidade é preciso entender como o Google funciona.

Quando precisamos comprar ou buscar informações sobre algum produto ou serviço, uma das primeiras coisas que fazemos é entrar no Google, digitar algumas palavras e fazer uma pesquisa. Seus clientes provavelmente fazem o mesmo e neste momento, quem têm mais visibilidade, têm mais chances de conquistar essa oportunidade. Basicamente, o site da sua empresa pode aparecer nas páginas de resultados de buscas do Google de 2 formas:

  • Através de anúncios Pagos (Google Ads);
  • Através da busca orgânica.

Anúncios Pagos (Google Ads):

Apesar de não ser o objeto de estudo deste artigo, é preciso falar brevemente como os anúncios pagos funcionam para você poder fazer um comparativo.

Para que a sua empresa apareça nos anúncios pagos é preciso que você tenha uma conta no Google Ads e crie campanhas com foco em palavras-chave relacionadas ao seu segmento. A cada clique que um visitante efetua no seu anúncio um valor é descontado do orçamento da sua campanha, este valor é variável, já que ele depende de um leilão que por sua vez é definido com base na demanda que aquela palavra-chave possui. Quanto mais concorrido um termo é, mais alto este valor se torna.

Exemplo de anúncios pagos no Google Ads

É preciso ser um especialista em Google Ads para obter os melhores resultados, caso contrário, seu dinheiro desaparece muito rapidamente sem trazer benefício algum ao seu negócio.

Outro ponto é que enquanto sua campanha possui orçamento disponível, seu anúncio será exibido, mas no instante em que ele terminar, automaticamente seu anúncio deixará de aparecer. As campanhas no Google Ads são excelentes para quem conhece a ferramenta e sabe como extrair dela os melhores resultados.

Busca orgânica:

Na página de pesquisa do Google, logo após os anúncios pagos, começam a aparecer os resultados da busca orgânica, este é o foco principal deste artigo e você vai entender tudo que precisa para que as suas páginas fiquem bem posicionadas.

Existem diversas pesquisas que demonstram que os resultados que aparecem na primeira página do Google captam a maior parte dos cliques para a palavra-chave que está sendo pesquisada. Raramente quem está buscando por algo, chega até a segunda página de resultados porque acaba encontrando suas respostas nos primeiros resultados da primeira página.

Isto acontece porque o Google é muito eficiente para oferecer respostas às nossas perguntas e cada vez o seu algoritmo fica mais sofisticado. Logo, encontrar uma resposta satisfatória que atenda às nossas expectativas nos primeiros resultados é cada vez mais certo.

Exemplo de resultados na busca orgânica do Google

Analisando este cenário fica mais fácil entender que o Google avalia e classifica o conteúdo da sua página para saber quais perguntas o seu site está apto a responder. Se o seu conteúdo for fraco, sem referências, embasamento, imagens e uma série de fatores, é provável que a sua página tenha uma baixa classificação e consequentemente estará bem distante da primeira página do Google.

Por outro lado, se o seu conteúdo for bem elaborado, cheio de imagens e corretamente embasado, suas chances para ocupar as primeiras posições, começam a melhorar, mas então, tudo vai depender do quanto os outros sites também investiram na criação de conteúdo.

Lembre-se que o algoritmo do Google irá tentar encontrar a melhor resposta para a pergunta do usuário.

Neste momento, você já deve perceber que a criação de sites por si só não tem relação direta com bons resultados na Internet. O conteúdo e a forma como você irá publicá-lo é que farão toda a diferença entre ter visibilidade ou não.

O mais interessante da estratégia de ficar bem posicionado na busca orgânica é que os seus efeitos são muito mais duradouros do que o da busca paga, quando você otimiza uma palavra-chave e o seu site conquista as primeiras posições no Google, o rankeamento das suas páginas somente irá cair se os seus concorrentes fizerem um trabalho bem melhor que o seu ou se você ficar muito tempo sem publicar novos artigos.

As empresas estão cada vez mais conscientes de que gerar conteúdo estratégico é fundamental para os negócios e por causa disso, a disputa digital se torna muito mais acirrada.

Uma coisa é certa, a sua empresa irá investir em marketing digital mais cedo ou mais tarde, quanto mais cedo você começar a construir sua presença digital, menos esforço você terá que empenhar para ficar bem posicionado. Em alguns termos de busca, já é praticamente impossível disputar pela primeira página, pois são empresas que há anos investem em criação de conteúdo e lutam para ficar no topo.

Como criar sites responsivos que tragam resultados?

Até aqui você compreendeu como funciona o motor de busca do Google e a importância em se criar um site otimizado para a busca orgânica. Agora vamos compreender como deve ser criado este site para obter resultados na Internet.

Um site responsivo é aquele que se adapta perfeitamente a qualquer tamanho de tela, sem perder suas principais funcionalidades e proporcionando a melhor experiência ao usuário.

Independentemente, se o usuário está acessando o seu site através de um celular, um tablet ou um notebook, ele precisa causar uma boa impressão e possibilitar que ele navegue tranquilamente sem fazer malabarismos.

Para que o site possa trazer resultados reais para a empresa é preciso que ele tenha visibilidade na Internet. Nós listamos abaixo as principais ações que devem ser executadas para alcançar este objetivo.

1. Otimização de sites

A otimização de sites envolve uma série de fatores para melhorar continuamente desde o carregamento das páginas até a experiência do usuário. Utilizar as melhores técnicas de SEO é essencial para obter bons resultados na otimização e consequentemente melhor rankeamento na busca orgânica.

Além da geração de conteúdo, como dissemos anteriormente, o Google também avalia tecnicamente as páginas do site. É possível entender como ele realiza esta avaliação através da ferramenta PageSpeed Insights.

Esta ferramenta faz um verdadeiro raio x de todas as páginas e aponta melhorias que devem ser realizadas para obter notas mais altas tanto para a versão Mobile quanto para a versão Desktop.

Otimização de sites para a busca orgânica

Dentre os principais fatores avaliados, podemos destacar:

  • Tempo de carregamento de imagens;
  • Tempo de renderização da página;
  • Tempo de resposta do servidor;
  • Espaçamento entre botões;
  • Compactação de arquivos;
  • E vários outros tópicos.

Todas as ações no sentido de otimizar o carregamento das páginas e consequentemente melhorar a experiência do usuário são importantíssimas para o Google e trazem ótimos resultados na busca orgânica.

2. Experiência do Usuário

Uma vez realizado um ótimo trabalho em SEO e o site conseguiu atrair novos visitantes, o que será que eles pensam sobre as suas páginas? Será que estão gostando? Estão conseguindo encontrar as informações necessárias facilmente? A navegação está fluindo bem?

Responder a estas perguntas é um dos desafios do Web Designer e também da agência de marketing digital.

Segundo o livro Não me faça pensar, de Steve Krug, um site precisa responder rapidamente a quatro perguntas que geralmente os seus visitantes têm em mente:

  • O que é isto?
  • O que posso fazer aqui?
  • O que eles têm por aqui?
  • Por que devo estar aqui e não em algum outro site?

Estes são conceitos que devem ser muito bem trabalhados na criação do site, que deve transmitir clareza e objetividade aos visitantes. Conseguir atrair novos usuários não é uma tarefa fácil, mas mantê-los interessados em seu conteúdo é um desafio maior ainda.

3. Mobile First

Umas das sacadas que consideramos mais interessantes sobre a criação de sites foi o conceito Mobile First, do livro de mesmo nome, do autor Luke Wroblewski. Basicamente, o autor nos mostra estatísticas do crescimento do uso do celular e a importância em se construir sites atraentes para este público, note que o livro foi publicado em 2011, há 8 anos atrás e o cara já tinha percebido isto.

Quando você pensa Mobile First, logo de início você descarta diversos elementos das páginas que não serão úteis na tela de um celular. A arquitetura da informação do site também é feita considerando que o usuário estará utilizando os dedos para navegação e desta forma, o site deve ter clareza em seu conteúdo para que o visitante faça o mínimo de esforço para encontrar o que procura.

O que acontece normalmente, ainda é o contrário, as empresas desenvolvem os sites pensando no formato notebook ou desktop e depois fazem as modificações para se adaptar ao celular.

Criação de sites responsivos utilizando o conceito Mobile First

Mas se você parar para pensar, o volume de acessos através de dispositivos móveis vem crescendo ano a ano e logo irá superar os acessos através de notebooks e desktops, neste caso, não seria mais lógico focar no Mobile First?

Segundo o relatório da Ebit - Webshoppers, sobre o comércio eletrônico no Brasil no primeiro semestre de 2018, 32% das compras realizadas na Internet foram feitas através de dispositivos móveis, contra 68% feitas através de computadores e notebooks.

Neste período, 17,4 milhões de pedidos foram realizados por meio de smartphones ou tablets e movimentaram cerca de R$ 6,7 bilhões. Números expressivos, não é mesmo?

4. Páginas AMP

AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages, traduzindo: páginas aceleradas para dispositivos móveis. Este projeto é uma iniciativa de código aberto com o objetivo de criar uma Web melhor, com sites que carregam quase instantaneamente e com alto desempenho em dispositivos móveis.

Esta iniciativa vem ao encontro do conceito Mobile First, citado anteriormente. Todas as páginas AMP precisam ser validadas de acordo com as regras definidas pelo projeto para garantir que a experiência do usuário seja incrível. Uma vez validadas, além de auxiliarem na busca orgânica, a página é mostrada com um raio ao lado esquerdo da URL, informando ao usuário que o conteúdo tem um carregamento acelerado.

Ter um site responsivo não quer dizer que você está utilizando páginas AMP, na verdade, estas páginas possuem sua própria marcação e geralmente são criadas em conjunto com outras páginas do site. Exemplificando, nossos serviços de consultoria de SEO receberam sua versão AMP recentemente, em poucos dias o Google reconheceu a nova página como válida e passou a mostrar o raio ao lado da URL, veja na imagem.

Além do aspecto diferenciado em relação aos outros resultados da busca, quando acessada, a página é carregada instantaneamente, criando um impacto positivo na experiência do usuário.

Criação de sites responsivos utilizando o conceito do Projeto AMP

Tanto no conceito Mobile First quanto no conceito AMP, não devem ser suprimidos recursos funcionais existentes na página original, mas sim adaptados para funcionar perfeitamente na versão acelerada.

5. Geração de Conteúdo

Você conheceu até aqui, alguns aspectos técnicos sobre a criação de sites responsivos - a importância de otimizar o site para obter um bom rankeamento na busca orgânica e a importância de focar no usuário final para que ele tenha uma ótima experiência ao navegar através das suas páginas.

Estes são aspectos fundamentais que precisam ser considerados em seu projeto, mas para que eles tenham sentido o seu site precisa receber tráfego. Se os visitantes não chegarem até ele, de nada terá adiantado todo este esforço.

E como atrair tráfego para o meu site? Atualmente a forma mais eficaz utilizada pelas empresas é a geração de conteúdo relevante para o seu público-alvo.

Identificar o perfil e criar matérias que possam solucionar problemas comuns dos seus visitantes ou então oferecer conteúdo que explique claramente como funcionam seus produtos e serviços, estas são as estratégias que irão atrair mais pessoas e aumentar a sua visibilidade.

No começo deste artigo, falamos sobre como o Google funciona e o que é preciso para ficar bem posicionado na busca orgânica. A geração de conteúdo é o que vai dar mais credibilidade para a sua empresa diante dos seus clientes e consequentemente, dar sinais para o Google da sua relevância.

Muitas empresas tem dificuldades nesta questão de criação de conteúdo e acabam deixando de lado esta atividade. Este é um erro muito comum e que prejudica profundamente o seu crescimento digital.

6. Geração de Conteúdo Local

Existem algumas oportunidades que são pouco exploradas pelo marketing de conteúdo, que são as buscas por produtos e serviços com foco no local onde a pessoa se encontra. Estas pessoas, quando querem encontrar algum serviço nas proximidades, digitam ao final do termo de busca, a cidade, o bairro ou até mesmo o estado.

Um exemplo bem simples em nosso segmento, quando uma pessoa está procurando por criação de sites em Guarulhos, é bem provável que ela seja moradora desta cidade e esteja procurando por uma Agência de Marketing Digital em sua região. Desenvolver conteúdo para atingir esta demanda é uma boa estratégia de marketing de conteúdo.

É certo que o algoritmo do Google já é inteligente o suficiente para compreender a relação entre o local do cliente e do fornecedor, mas trabalhar estas palavras também ajudam no posicionamento das páginas porque reforçam a busca específica por nichos.

Considerações

Nós entramos em uma era em que a informação é a base para se fazer bons negócios, por um lado o marketing de conteúdo atrai novos clientes, por outro, influenciadores digitais fazem indicações de produtos e serviços, gerando um boom nas vendas daquela empresa. Não é possível mais utilizar uma única estratégia para se ter sucesso, é preciso conhecer os diversos caminhos e avaliar o que se aplica ou não ao seu negócio e mergulhar fundo na sua implementação.

A criação de sites responsivos é uma dessas estratégias que pode alavancar os negócios na sua empresa, mas o conjunto de ações integradas ao desenvolvimento do site é o que realmente irá trazer bons resultados.

A Linking Sites é especialista em otimização e criação de sites responsivos para a busca orgânica. Entre em contato e vamos juntos turbinar o seu negócio.

Quer atrair mais clientes?

Preencha o formulário abaixo com seus dados que entraremos em contato.

ENVIAR



Whatsapp da Linking Sites
Converse agora com a Linking