Facebook da Linking Sites Instagram da Linking Sites LinkedIn da Linking Sites Twitter da Linking Sites Whatsapp da Linking Sites
Fone: (11) 94340-4373
CONTATO
BLOG
PLANOS
CLIENTES
EMPRESA
HOME
HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Marketing Multinível no Brasil

 >    >  

Esta estratégia de marketing ainda funciona?

Publicado em 29/03/2019

Em 2017, o setor de vendas diretas no país movimentou R$ 45,2 bilhões e envolveu mais de 4,1 milhões de empreendedores independentes, que atuam como revendedores de produtos, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD). Só por esses números, já dá para perceber que a venda porta a porta é um mercado poderoso no país e é aí que entra o marketing multinível.

Você conhece essa estratégia? O marketing multinível é um modelo de venda direta que trabalha com a criação de uma rede, incentivando os distribuidores existentes a recrutar novos distribuidores. Eles ganham dinheiro pela venda direta de produtos aos clientes e ainda recebem uma porcentagem das vendas de seus recrutas.

Você pode estar lendo tudo isso e achando que o marketing multinível seria um outro nome para os esquemas de pirâmide, mas não confunda: tratam-se de dois modelos diferentes e falaremos disso mais adiante.

Origem do marketing multinível

Em 1941, o norte americano Carl Rehnborg implantou, em uma de suas empresas, uma espécie de comissionamento entre os vendedores em vários níveis diferentes. No início, a utilização do modelo por outras empresas acabou servindo apenas para movimentação de dinheiro.

Foi só em 1979 que o marketing multinível conseguiu ser reconhecido como modelo legítimo e na década de 80 houve uma explosão no número de novas empresas que surgiam exclusivamente baseadas nele. Muitas tiveram sua prova de fogo e a acabaram indo à falência.

A década de 90 foi marcada por ajustes no modelo, que passou a se centrar mais no bem-estar dos distribuidores e no investimento em publicidade dos produtos. Hoje o marketing multinível se consolidou como modelo de vendas e segue em expansão, com a utilização da internet como importante aliado, aproximando parceiros e fortalecendo marcas.

Desenho demonstrando o conceito do marketing multinível no Brasil

Vantagens do marketing multinível

Com a venda direta ao consumidor de produtos e serviços, o marketing multinível é uma forma de reduzir o número de intermediários entre quem produz e quem consome, formando uma rede consistente de distribuidores que compartilha conhecimentos e fortalece a marca, expandindo sua área de atuação e aumentando o faturamento do negócio.

Para os setores que já possuem marcas consolidadas, como o de cosméticos, este modelo é uma alternativa de baixo custo e sustentável para tentar conquistar a fatia de mercado que ainda existe.

Do outro lado, para quem decide entrar nesse mercado, um dos pontos positivos é o baixo investimento necessário para o início das operações: o distribuidor independente não precisa investir em infraestrutura ou pagamento de empregados, apenas na compra dos produtos.

Além disso, a venda acaba se tornando uma oportunidade de renda extra ou até mesmo de independência financeira, proporcionando, também, um horário flexível. Outro aspecto positivo é que em muitos casos os treinamentos são gratuitos, já que o crescimento da rede interessa a todos os envolvidos.

Desvantagens do marketing multinível

Ainda que existam vantagens, a eficácia real do modelo não é provada. Aqueles que buscam um crescimento rápido e fácil, prometido por muitas marcas, tendem a se frustrar, por algumas razões.

A primeira delas diz respeito ao saturamento natural a que está fadado este tipo de modelo. Como o crescimento é progressivo e não há demanda infindável, determinada região poderá ser preenchida por um número tão alto de vendedores que não existirão mais consumidores para todos.

Além disso, como são vários os setores de atividade e a concorrência é muito alta, será preciso, por parte do distribuidor independente, uma dedicação de tempo maior do que o destinado para ganhar uma renda extra para que ele possa de fato criar uma rede e estabelecer contatos para tornar seu negócio lucrativo.

Não confunda com o modelo de pirâmide

Ainda que muito próximos, o marketing multinível e o modelo de pirâmide não são a mesma coisa. O primeiro tem seu foco na venda de produtos, enquanto o segundo se centra no recrutamento de novos participantes. Há casos de pirâmide em que os produtos ou serviços nem existem ou possuem valor muito acima dos similares no mercado.

Nos Estados Unidos, para um modelo ser considerado como marketing multinível ele deverá ter 70% de seu faturamento proveniente da venda dos produtos ou serviços, e no máximo 30% do comissionamento pela indicação de novos vendedores. Se a empresa ultrapassar esse limite, seu modelo é considerado pirâmide, ilegal na maioria dos países do mundo, incluindo o Brasil.

Mas se você quiser apostar no marketing multinível, saiba que o marketing digital pode ser uma importante ferramenta, te ajudando a potencializar as vendas e produtos e recrutar pessoas. Entre em contato com a Linking Sites que temos as melhores soluções para você.

Sua empresa tem criado boas estratégias de Marketing Digital? Entre em contato e vamos construir sua presença na Internet!

Quer atrair mais clientes?

Preencha o formulário abaixo com seus dados que entraremos em contato.

ENVIAR



Whatsapp da Linking Sites
Converse agora com a Linking