Facebook da Linking Sites Instagram da Linking Sites Youtube da Linking Sites LinkedIn da Linking Sites Twitter da Linking Sites Whatsapp da Linking Sites
Fone: (11) 94340-4373
CONTATO
BLOG
PLANOS
CLIENTES
EMPRESA
HOME
HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Como aplicar Guest Posts em sua estratégia

 >    >  
Publicado em 11/11/2019

É possível que você já tenha convidado alguém para escrever no seu blog, por ter percebido as vantagens naturais desse tipo de estratégia. Ou que já tenha sido convidado para escrever para outro blog, sem saber que essa troca recebe o nome de Guest Post.

Pela tradução direta do termo (Post de Convidado) também é possível identificar do que se trata.

Contudo, mais importante do que entender o termo, ou mesmo do que já tê-lo praticado, é compreender a fundo o conceito e o funcionamento do Guest Post.

Com isso, a estratégia trará resultados muito mais sólidos e sustentáveis para as ações de marketing digital e de posicionamento nos motores de busca.

Além do mais, como já é sabido, a troca de conteúdos de qualidade pode trazer aumento de autoridade e até de tráfego para ambas as partes.

Como aplicar Guest Posts em sua estratégia: profissional criando conteúdo.

Além disso, o guest post pode ser praticado por qualquer segmento, desde o blog de um jornalista político até o de uma indústria de usinagem de engrenagens.

Com isso, é perceptível que ele é mesmo uma das estratégias mais importantes e promissoras da atualidade.

Então, se você quer saber mais sobre essa modalidade de marketing que pode transformar a sua marca profissional ou pessoal em uma referência no seu segmento, sem grandes gastos financeiros, siga adiante na leitura deste post.

Como se ranquear na maior vitrine do mundo?

Não é segredo para ninguém que os grandes motores de busca da atualidade se tornaram as maiores vitrines do mundo. O que nem todo mundo sabe é que há maneiras gratuitas e bem democráticas de aparecer neles.

Essa avaliação se traduz na leitura dos algoritmos sobre um conteúdo para que um site conquiste as primeiras páginas quando um internauta fizer suas pesquisas.

Assim, se um profissional da área de construção civil busca por investigação confirmatória de passivo ambiental, e escreve essa palavra-chave no motor de busca, o site que aparecer em primeiro lugar terá cumprido uma série de requisitos para estar ali.

A qualidade do conteúdo e a interconexão com outros artigos de qualidade estão entre os fatores mais importantes de ranqueamento.

É nesse cenário que o papel dos Guest Posts se destaca. Afinal, o objetivo dessa metodologia é, justamente, aumentar a qualidade e a quantidade dos artigos postados em um blog.

Com isso, é possível ampliar o tráfego de orgânico daquele canal, além de aumentar a sua visibilidade (dentro dos mecanismos de busca como pelo público do blog com quem foi feita a parceria).

Nos tempos atuais, os clientes já não aceitam apenas as propagandas de apelo meramente comercial.

Assim, ao pesquisar sobre a manutenção de geradores a diesel, por exemplo, um técnico quer uma empresa que tenha autoridade e conteúdos relevantes na área.

Daí a importância de publicar gratuitamente artigos ou outros materiais de qualidade, que realmente possam agregar valor para o leitor antes mesmo de ele ter se tornado um cliente.

Vencendo a guerra: Quantidade vs. Qualidade

Quem já trabalhou com blogs, redação, revisão e criação de conteúdos como um todo sabe o quanto é difícil manter a qualidade dos materiais por meses a fio.

Ao mesmo tempo, a cadência das publicações é fundamental. Ou seja, é preciso que haja um fluxo coerente e contínuo, uma vez que se você demorar muito entre uma e outra postagem seu público acabará dispersando e, inclusive, podendo deixar de segui-lo.

Obviamente, não é possível crescer sem manter o que já se tem. Assim, quando um blog especializado em eletricidade faz a publicação de algo sobre transformador monofásico, ele não pode depender de conquistar o seu público do absoluto zero.

Pelo contrário, os leitores da semana/quinzena anterior, que haviam lido sobre outros componentes elétricos e projetos da área, precisam migrar para a leitura do novo material postado.

Trata-se, realmente, de um compromisso firmado entre as partes. Tal compromisso dificilmente poderia ser mantido sem o auxílio de uma estratégia como a do Guest Post.

É a eterna guerra da quantidade vs. qualidade. Com isso, o modo mais prático de manter a frequência das postagens é por meio da troca de conteúdos. Isso possibilita, ainda, crescer em termos de qualidade.

Uma dica fundamental aqui é ampliar o leque de publicações. Embora convidar uma pessoa que escreve em área totalmente diferente da sua seja algo negativo, que pode não trazer o tráfego desejado, existem muitos nichos dentro de um mesmo segmento.

Desse modo, um artigo sobre lava louça profissional pode constar em um blog industrial da área de serviços de alimentação. Do mesmo modo, é possível encontrá-lo em um site de dicas de cozinha, já que esse equipamento tem versões para uso doméstico.

Além disso, também é possível realizar um post sobre esse equipamento com um universo de outras máquinas, dispositivos e até acessórios de cozinha. Tais associações e linkagens são bem vistas pelos buscadores, pois enriquecem o conteúdo.

Como ter uma visão ampla sobre a estratégia?

Como vimos, tráfego é a palavra da vez. No atual universo da internet, tudo se resume à audiência que uma página é capaz de gerar, o que tem muito a ver com o marketing tradicional e sua velha regra: “Quem não é visto não é lembrado”.

Por isso é preciso entender que o Guest Post é muito mais do que um simples conteúdo ou artigo bem escrito. A qualidade é essencial, sem dúvida, mas ao mesmo tempo em que os visitantes leem aquele conteúdo, há uma linguagem de programação por trás.

Isso quer dizer que o Guest Post é uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization), que em tradução livre significa Otimização para Mecanismos de Busca.

Como aplicar Guest Posts em sua estratégia: estratégia de SEO.

Existem vários parâmetros ou algoritmos que os motores de busca levam em conta, tais como:

  • Assertividade das palavras-chave;
  • Conteúdos de qualidade;
  • Backlinks e link building;
  • Os títulos da página;
  • Responsividade para mobile.

O Guest Post diz respeito à parte de linkagem externa, ou seja, daquelas que levam para fora do site (a linkagem interna é aquela que leva para outra página do mesmo website/domínio).

Se você entra sempre em um blog sobre conserto de empilhadeira e, de repente, lê nele um artigo escrito por outro canal, trata-se de Guest Post.

O modo de identificá-lo é que haverá um link no topo ou no final do post que leva ao outro blog, pois essa é a essência da estratégia.

Dessa maneira, ao propor a parceria de troca de artigos, é preciso entender fatores que vão além do conteúdo e seus termos conceituais.

A importância do link building nessa área

Aqui, como em qualquer outra área, é preciso pensar “com a cabeça do cliente”. Portanto, é preciso colocar-se no lugar dele e tentar entender que tipo de experiência ele procura.

Em termos de pesquisa nos motores de busca, você pode pensar como se dá a sua própria experiência diária com isso.

Assim, ao pesquisar sobre manutenção de nobreak sms, por exemplo, você espera encontrar o quê?

Se tivesse colocado “nobreak comprar”, certamente esperaria outro tipo de resultado. Ou se tivesse escrito “nobreak melhor modelos” e assim por diante.

Deste modo, ao ter digitado a palavra-chave “manutenção”, portanto, é certo que você quer entender o conserto desse dispositivo.

Agora, imagina se todas as primeiras páginas do resultado trouxessem artigos sobre tudo, menos sobre manutenção preventiva e corretiva de nobreaks. Ou pior, se no meio da sua leitura sobre nobreaks, surgissem links e palavras-chave de odontologia.

É para evitar esse tipo de experiência negativa que os grandes buscadores criam seus algoritmos. Também assim, o modo mais assertivo e inteligente de aplicar o Guest Post em suas estratégias é levando tais exigências em conta.

Para isso, no entanto, é preciso criar as relações e parcerias mais pertinentes ao seu segmento. Isso porque será preciso realizar uma troca de links, prática essencial ao guest post.

Nesse sentido, cada um dos conteúdos precisará apresentar um link que direcione ao site parceiro. Ou seja, o conteúdo postado em seu site deverá direcionar para o outro, da mesma forma que o dele levará para o seu.

Exatamente por esse motivo, é essencial haver uma relação entre os assuntos abordados em ambas as plataformas.

Por que, como e onde encontrar as parcerias?

Como vimos, o Guest Post perfeito age em duas frentes ao mesmo tempo. Ou seja, ele cria conteúdos relevantes e de excelência além de estabelecer conexões/linkagens pertinentes.

Assim, ao mesmo tempo em que você ganha autoridade no mercado, também gera audiência.

É por isso que, além do conhecimento técnico sobre seu segmento e estratégias de marketing digital, é preciso ter boas relações, às vezes com a própria concorrência. Um sinônimo de guest post é “guest blogging”. De fato, nessa área o cerne de uma relação valiosa no seu mercado, ou seja, de um networking que seja capaz de gerar boas parcerias, começa e termina na relação com os demais blogs do setor.

Nesse cenário as redes sociais podem ajudar bastante. Assim, se sua especialidade é em um eliminador de gotas, dispositivo que atende uma infinidade de indústrias com torres de resfriamento, não deixe de participar de fóruns e mídias sociais em busca de parceria.

Em todos esses casos, ocorre o Guest Post e as suas estratégias. Por isso, ele é um dos melhores esforços de marketing digital que uma marca pode empreender atualmente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.




Whatsapp da Linking Sites
Converse agora com a Linking