Facebook da Linking Sites Instagram da Linking Sites LinkedIn da Linking Sites Twitter da Linking Sites Whatsapp da Linking Sites
Fone: (11) 96343-6272
CONTATO
BLOG
PLANOS
CLIENTES
EMPRESA
HOME
HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Afinal, quem são os Millennials?

 >    >  
Publicado em 15/05/2019

No marketing, na psicologia, na gestão de vendas, em todos os meios estamos às voltas com eles, presentes no mercado de trabalho, consumindo e impactando a maneira de vender. Você sabe quem são os Millennials? A chamada geração Y engloba os nascidos entre 1979 e 1995.

Eles são digitais, veem a tecnologia como parte natural da vida, buscam por inovação, querem bons salários e fazer o que amam. Não se prendem a uma empresa e ainda são engajados em causas sociais e ambientais. Para essa geração, o conceito de sucesso também tem mudado: se antes a referência era alguém que ganhava milhões, hoje é quem foi bem-sucedido sem abrir mão de seus valores.

Ok, temos aí acima as principais características de quem são os millennials. Mas ainda assim, não podemos dizer que Millenial é tudo igual, não é mesmo? Afinal há uma grande diferença entre nascer em 1979 e 1995.

Uma pesquisa feita pelo Google BrandLab de São Paulo mostra que, na verdade, existem dois tipos de Millenial e cada um deles merece um tratamento personalizado das empresas. Aliás, entre esses grupos há mais diferenças do que entre as gerações X (nascidos antes de 1979) e Y ou entre as gerações Y e Z (nascidos após 1995).

Quem são os millennials: grupo de amigos se divertindo no parque.

Young Millennials versus Old Millennials

O que separa os dois grupos? Dois momentos fundamentais: o primeiro é o ano de 2007 e a popularização dos smartphones, criando uma sociedade hiper conectada e pautada pela velocidade e o imediatismo. E o segundo foi no ano seguinte, em 2008, com a crise mundial, que trouxe inflação, desemprego e pessimismo para a sociedade.

Os Old Millennials tem hoje entre 25 e 34 anos. Crianças e adolescentes na década de 90, eles não cresceram com acesso à internet, smartphones e apps e foram surpreendidos pela recessão econômica. Ainda assim tendem a ser mais otimistas, colaborativos e flexíveis.

Suas maiores aspirações hoje são um novo emprego, viagens ao exterior, a compra de uma casa ou apartamento e a vontade de começar ou voltar a estudar. Também se interessam mais em momentos de “pausa” e “detox” das tarefas para relaxar.

Do outro lado, os Young Millennials tem hoje entre 18 e 24 anos e já cresceram com smartphones e redes sociais. Como já conheceram o mundo com a economia mais frágil, eles tendem a ser mais realistas, questionadores e conscientes quando o assunto são as finanças. Além disso, adoram a filosofia YOLO (You Only Live Once/Só Se Vive Uma Vez).

O que querem os Millennials?

Uma vez Millennials, sempre Millennials. Apesar das vivências diferentes, todos eles tem na conectividade 24 horas seu ponto de encontro e buscam no acesso à cultura a sua principal fonte de educação, inspiração e entretenimento.

Tudo isso impacta as relações entre as pessoas, no trabalho e, inevitavelmente, sua maneira de consumir. Enquanto consumidor, os Millennials querem outras coisas das empresas. E está mais do que na hora de você entender esse público.

Quem são os millennials: grupo de amigos se divertindo na praia.

Eles não são influenciados por propagandas, mas buscam opiniões de outros consumidores em resenhas, blogs e feedbacks em redes sociais, pois acreditam na sua autenticidade. É também nas redes sociais que procuram estabelecer uma relação com as marcas.

Amam tecnologia e por isso estão conectados por meio de diversos aparelhos eletrônicos. Além disso, são multitarefas e conseguem fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Podem ser menos leais às marcas, mas quando se identificam com uma (não só apenas pelo produto, mas pelas suas ideias, seus valores, posicionamentos e processos de produção) tendem a continuar usando seus produtos.

Como conquistar os Millennials?

Conquistar essa geração não é tarefa fácil, afinal, estamos diante de consumidores altamente exigentes, principalmente no curto prazo. Para atender a esse público, o foco deve estar na experiência do cliente.

Além disso, não tem jeito: para encantar e cativar os Millenials você deve investir em boas relações nas mídias sociais e produção de conteúdo, pois é basicamente isso que essa geração está fazendo: consumindo e (produzindo) conteúdo nos meios digitais.

Sim, a geração Y veio para mudar a sua forma de vender e de se relacionar com o público. Entenda quem são os Millenials e invista em maneiras eficientes de conquistá-los. Para isso, conheça outras características desse consumidor da era digital.


Quer atrair mais clientes?

Preencha o formulário abaixo com seus dados que entraremos em contato.

ENVIAR



Whatsapp da Linking Sites
Converse agora com a Linking