HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Como ganhar dinheiro com tráfego pago?

Home  >   Blog  >   Como ganhar dinheiro com tráfego pago?
Publicado em 03/03/2021

O tráfego pago é uma opção em marketing muito usada pelas marcas, sendo que já faz parte do investimento de muitas organizações.

Inclusive, é de conhecimento geral que todo canal trabalhado por uma empresa na internet precisa impactar o público. O site, por exemplo, precisa atrair visitantes e conquistar um bom tráfego, dessa forma o negócio consegue melhorar o seu posicionamento na web.

Hoje em dia, muito se fala sobre estratégias orgânicas e como elas são importantes, principalmente, por entregarem valor aos usuários e reduzirem os custos de uma marca com marketing.

De fato, as práticas orgânicas são importantes e precisam fazer parte do planejamento de marketing de uma companhia, independentemente de seu porte ou segmento. Mas essas estratégias levam tempo para ter efeito.

Como ganhar dinheiro com tráfego pago: funcionários cochichando.

Trata-se de um investimento contínuo, que em um primeiro momento vai exigir paciência para prosperar. Até lá, como divulgar a empresa e aquilo que ela vende?

É aqui que entra o tráfego pago, pois ele tem a capacidade de trazer retornos muito mais rápidos, até que as táticas orgânicas comecem a dar frutos.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é tráfego pago, as ferramentas que você pode usar e daremos algumas dicas para trabalhar com ele.

O que é tráfego pago?

Tráfego pago são os visitantes que chegam até a página de uma empresa por meio de anúncios publicitários. Ele depende do investimento feito pela organização para funcionar, ou seja, ela paga para que sua visibilidade na web aumente.

Uma empresa de uniformes, por exemplo, pode usar diferentes fontes para trabalhar esse tipo de mídia, como Facebook Ads, Instagram Ads e Google Ads. Por meio delas, a companhia cria anúncios e aparece nos primeiros resultados de pesquisa.

No caso do Google, por exemplo, quando o usuário faz uma pesquisa, os links provenientes desse tipo de estratégia aparecem identificados com a tag “Anúncios” antes de sua URL. Só que isso vai depender da palavra-chave escolhida.

Ao clicar no link, a pessoa é direcionada à página relacionada a ele, o que leva ao tráfego pago. É dessa maneira que ele funciona.

Como ganhar dinheiro com tráfego pago: pessoa acessando o Google Ads.

Inclusive, existem duas formas de pagamento para esse tipo de estratégia, sendo custo por clique (CPC) e custo por mil impressões (CPM).

A ordem de exibição depende de um leilão entre todas as organizações que estão anunciando, daí a necessidade de escolher um desses meios de pagamento.

As empresas de consultoria ambiental, então, podem pagar a cada clique em seu anúncio ou a cada mil exibições. A posição que ele vai ocupar também depende do seu alcance na plataforma.

A diferença entre CPC e CPM

O CPC é mais indicado para as marcas que desejam levar tráfego real para suas páginas; enquanto o CPM é mais indicado para aquelas que desejam aumentar a sua visibilidade.

Em outras palavras, podemos dizer que o objetivo do CPC é atrair visitas e do CPM é fazer a marca aparecer. Ainda, é melhor escolher o custo por clique se você tem um valor definido para investir, e no culto por mil impressões se acaba de criar o negócio.

Ao escolher a maneira como vai pagar por eles, basta configurar o anúncio ao criá-lo, para que atinja o seu público-alvo.

Tendo isso em mente, você já está pronto para entender a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico. Apesar de parecer estar bem claro, é bom esmiuçá-la para que não reste nenhuma dúvida.

A diferença entre tráfego pago e orgânico

A maior diferença entre esses dois tipos de mídia é o investimento exigido para aumentar os acessos a uma página.

No caso do tráfego orgânico, os investimentos feitos por um escritório de serviços de contabilidade não são físicos. É necessário investir outros recursos, como:

  • Tempo;
  • Técnica;
  • Dedicação;
  • Paciência.

Por outro lado, o tráfego pago exige apenas dinheiro, portanto, vai depender exclusivamente do quanto você paga pelas suas campanhas e do quanto consegue criar anúncios atraentes e relevantes.

Resumindo, o tráfego orgânico não tem custos, portanto, o visitante chega até suas páginas de maneira natural. Por outro lado, no tráfego pago, as visitas são pessoas que clicaram nos seus anúncios.

Mesmo sendo diferentes, as marcas, de um modo geral, investem nas duas estratégias para ganhar força na web. Só que para trabalhar com as mídias pagas, elas fazem uso de algumas ferramentas.

Conheça algumas ferramentas importantes

As ferramentas usadas para trabalhar com o tráfego pago são essenciais para que ele funcione.

Exemplo disso é o Google Ads, a plataforma de anúncios do Google, que faz com que a página de uma empresa de assessoria contábil e empresarial, por exemplo, apareça na primeira página.

Por meio dele, é possível segmentar o público, de acordo com a localidade, interesses, faixa etária, dentre outras possibilidades.

O Facebook Ads veicula os anúncios criados em suas redes sociais, excelente para aumentar a visibilidade da marca, segmentando cada campanha criada.

Outra opção é o Instagram Ads, que permite criar anúncios em diferentes formatos, como imagens e vídeos, postados no feed de notícias ou no stories.

Para ganhar dinheiro com essas plataformas, existem algumas estratégias que são indispensáveis, por exemplo, fazer anúncios como afiliado.

Imagine, então, uma loja que vende os produtos de uma fábrica de camisetas lisas para sublimação, pode se tornar afiliada a ela.

Ela só precisa se cadastrar em uma plataforma de afiliados e escolher essa fábrica para promover os produtos que ela produz. Na página de vendas, a loja precisa incluir o link de afiliada, induzindo o visitante a clicar e comprar.

Outra possibilidade é anunciar em uma página de vendas, o que permite à marca vender todo tipo de produto, como no caso de um e-book.

As páginas de vendas limitam os visitantes a duas ações: ou eles compram ou saem da página, portanto, ao anunciar nelas, fica mais fácil ganhar dinheiro com tráfego pago.

Ademais, algumas pessoas ganham dinheiro com tráfego pago se tornando um consultor no assunto. Elas gerenciam as campanhas feitas no Google Ads, em troca de uma porcentagem do que foi criado para os clientes.

Toda organização, como uma empresa de portaria e limpeza em Jundiaí precisa de alguém que entenda do assunto para conduzir esse tipo de investimento.

Por fim, também é possível criar uma estratégia de tráfego pago na página de inscrição do e-mail marketing, coletando endereços para aplicar as ações de marketing.

Então, por meio dessa lista, a marca pode promover seus próprios produtos e também os produtos afiliados.

Dicas para trabalhar o tráfego pago

Existem algumas estratégias que podem ser usadas por qualquer tipo de organização, como aquelas que fazem aluguel de máquina de café para empresa. São elas:

Conhecer as necessidades da persona

Para segmentar os anúncios do jeito certo e impactar as pessoas ideais, é importante entender a persona. Isso envolve suas dores, a linguagem que costuma usar e os canais que frequenta para buscar informações.

Conhecendo seu perfil de cliente ideal, fica mais fácil falar o que ele quer ouvir, e com isso gerar um impacto de maneira eficaz.

Fazer anúncios verdadeiros

Todo anúncio deve ser verdadeiro e objetivo. Isso significa que ele deve cumprir o que promete, para não elevar a taxa de rejeição da página de destino e, com isso, não comprometer o desempenho do site.

É por isso que tanto uma empresa de consultoria contábil quanto um pet shop têm ética ao criar seus anúncios e evita exageros em relação a qualquer aspecto, inclusive a dor da persona.

Investir em neuromarketing

Todo profissional de marketing deve identificar os desejos e ansiedades dos consumidores, pois é dessa forma que ele faz com que a marca entre na mente deles e desperte seus sentimentos.

O neuromarketing faz uso dos gatilhos mentais certos para elaborar os anúncios e torná-los mais eficientes.

Esclarecer a ação esperada

Para, de fato, gerar tráfego, é importante ter em mente a ação que a empresa espera que o usuário realize.

Isso evita que as pessoas impactadas pelos anúncios se sintam perdidas no momento de decidir se vão ou não para as páginas da empresa, e se com elas vão obter as respostas que desejam.

Conclusão

No marketing digital, toda estratégia depende de ferramentas e conhecimentos para dar certo. Então, mesmo que você tenha uma quantia considerável para investir no tráfego pago, ainda precisa conhecer os seus aspectos.

Neste texto, procuramos mostrar todo o conceito das mídias pagas, como elas funcionam e como podem ser colocadas em prática.

Agora, além do valor para pagar por esse tráfego, você já sabe como trabalhar com ele e fazer o seu investimento valer a pena.

Usando as melhores plataformas e boas práticas, com certeza o seu negócio dará um grande salto, conquistando mais visibilidade e acesso na web, melhorando o seu próprio faturamento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.