HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Como vender pelo Facebook

Home  >   Blog  >   Como vender pelo Facebook
Publicado em 06/10/2020

Com o objetivo de atrair mais clientes e fazer a empresa concretizar uma quantidade maior de vendas, o processo de pré-venda tem uma grande importância. Então, é necessário entender como essa iniciativa funciona, principalmente, para poder conquistar bons resultados.

O Facebook é uma das maiores redes sociais, concentrando mais de 2 bilhões de usuários, estes mensalmente ativos, no mundo inteiro. Por conta disso, a plataforma se tornou um mar de oportunidades para as marcas, ajudando-as a vender mais e a divulgar os produtos e serviços.

Esse número de pessoas cadastradas representa uma vasta quantidade de potenciais clientes. Por isso, a rede social criou recursos que são muito atraentes também para as empresas.

Como vender pelo Facebook: usuário acessando o facebook pelo celular.

Exemplo disso é a possibilidade de criar uma loja virtual dentro da plataforma, o que representa uma oportunidade para quem quer ter o seu próprio negócio ou para quem já tem uma loja física e quer expandir as vendas.

Os consumidores também ganham, pois eles podem se informar a respeito de novidades em produtos e serviços, além de poderem comprar pela própria rede, sempre com segurança e tranquilidade.

Todo tipo de negócio pode usufruir desta ferramenta, aumentando suas vendas de duas maneiras, sendo pela divulgação da marca ou criando a loja pelo aplicativo. Não tem segredo e é tudo muito prático e simples.

Se você quer saber mais sobre esse assunto, vamos mostrar o passo a passo para você vender pelo Facebook por meio dessas duas formas.

Entendendo as vendas pelo Facebook

O Facebook é a rede social mais acessada em todo mundo, com mais de 2 bilhões de usuários. Isso tem atraído a atenção de empresas de todos os setores, fazendo das vendas pelo aplicativo um ponto cada vez mais comum.

Pelo fato de ter tantos usuários, é possível encontrar pessoas interessadas em todo tipo de produto ou serviço, desde equipamentos para construção civil até roupas para pet.

A plataforma possui algoritmos que limitam o alcance das publicações, mesmo assim, as marcas conseguem atingir um número satisfatório de usuários. Então, essas pessoas geralmente demonstram interesse pelo que está sendo vendido.

As vendas não precisam de muito investimento, basta apenas criar um perfil, pois todas as ferramentas necessárias já estão disponíveis. O único investimento é a criação de anúncios, caso seja a vontade do empreendedor.

Mais do que uma chance de vender mais, usar o Facebook é uma necessidade, pois cada vez mais empresas fazem negócio por lá, o que significa que a concorrência está utilizando desta mesma estratégia.

Tudo isso aconteceu porque os desenvolvedores da plataforma perceberam que cada vez mais organizações, como uma empresa de portaria, estão usando a rede para se aproximar de seu público.

Com isso, foi criado o Facebook Empresas, diferentemente de um perfil comum, totalmente voltado para venda e divulgação de produtos, serviços e marcas.

Dessa forma, um negócio pode se comunicar com seu público, clientes e também criar uma loja para vender suas mercadorias e serviços. O melhor é que isso é feito gratuitamente.

No entanto, assim como qualquer outra estratégia que executamos on-line, é preciso saber usar o Facebook para fazer locação de impressoras ou vender qualquer outro tipo de produto ou serviço.

Dicas para promover uma marca pelo Facebook

Como falamos, existem duas maneiras de vender pelo Facebook, e uma delas é divulgar a marca na plataforma.

O primeiro passo para trabalhar essa estratégia é conhecendo bem o seu público-alvo. E isso não diz respeito apenas a ter uma ideia de faixa etária ou classe social, é importante conhecer outros aspectos, como:

  • Expectativas;
  • Gostos;
  • Preferências;
  • Comportamento de consumo.

Obter esses dados ficou muito mais fácil, pois a partir do momento em que a pessoa curte o perfil da marca no Facebook, como de uma empresa de locação de tendas, é possível obter dados demográficos e outras informações.

Outra forma de divulgar a marca pela plataforma é promovendo uma comunicação humanizada, pois isso aproxima a marca de seus clientes e aumenta a confiança deles.

Uma dica para fazer isso é incentivar a discussão a respeito de produtos e serviços vendidos. Também podem ser oferecidos descontos para aqueles que comentarem após a aquisição.

A marca também deve estar atenta à frequência de publicação, pois ela deve respeitar um fluxo adequado ao público. Em primeiro lugar, é preciso analisar em quais horários as pessoas reagem às publicações.

Isso porque, os seguidores de uma empresa de montagem industrial em SP não acessam o Facebook no mesmo horário que os seguidores de uma loja de brinquedos. São públicos diferentes, com perfis diferentes.

Tendo isso em mente, estabeleça uma quantidade diária de publicações, por exemplo, duas postagens por dia. Nunca deixe o público sem atualizações, pois causa a impressão de que a empresa está inativa.

O excesso de publicações também incomoda, levando pessoas a deixarem de seguir a página por considerá-la inconveniente.

A marca também pode promover seus produtos nas publicações, usando uma ferramenta chamada Facebook Ads. Por meio dela, é possível criar anúncios para promover seus serviços, sempre de maneira segmentada.

Dessa forma, aquilo que a marca vende chega mais rápido ao conhecimento das pessoas, impulsionando as vendas.

Por fim, mas não menos importante, é preciso investir em marketing de conteúdo. Essa é uma das principais estratégias de Marketing Digital, e tem como intuito levar aos consumidores conhecimento a respeito de assuntos relacionados à marca.

Por exemplo, um escritório de assessoria contábil pode falar sobre impostos pertinentes a uma organização, declaração do imposto de renda, burocracia para abrir empresas, dentre outros assuntos.

É por meio do marketing de conteúdo que uma marca consegue mostrar sua autoridade perante um assunto, conquistando a confiança das pessoas e gerando novas oportunidades de negócio.

É uma maneira de divulgar a marca, seus produtos e serviços, pois essa estratégia atende consumidores em diferentes etapas do funil de vendas, podendo assumir diferentes formatos, como:

  • Texto;
  • Vídeo;
  • Áudio;
  • Infográfico.

Esses conteúdos serão postados no blog da marca e serão divulgados pelo Facebook. Dessa forma, além de divulgar a marca pela plataforma, ainda consegue aumentar o tráfego para o Blog.

Como montar uma loja no Facebook?

Outra maneira de vender por essa rede social é abrindo uma loja no próprio aplicativo. O primeiro passo é criar uma página para o negócio na plataforma. Para isso, é necessário fazer login, clicar em “Criar” e escolher a categoria da página.

Como vender pelo Facebook: usuário acessando o facebook.

As duas opções são “Negócio ou marca” ou “Comunidade e figura pública”. Depois é necessário escolher a categoria da página e começar a montar o perfil inserindo fotos e outras informações.

Depois, é o momento de configurar uma loja virtual para o negócio. Para isso, uma desenvolvedora de sistema de gestão empresarial, por exemplo, deve ir na área “Configurações” e clicar em “Modelos e Guias”.

Selecione “adicionar guia” na opção "loja", depois é preciso aceitar os termos e escolher como os clientes finalizarão as compras.

Caso você queira vender diretamente pela rede social, não há cobrança de taxas e nem comissão. É uma opção interessante para quem está começando agora e ainda não dispõe de muitos produtos.

O Facebook também promove vendas por meio de plataforma e-commerce, que pode expor seu catálogo na rede social.

Se você optou por vender diretamente pelo Facebook, é necessário adicionar produtos na loja. Para fazer isso, é necessário acessar a guia “Loja” e clicar em “Adicionar Produto”.

Feito isso, adicione todas as informações a respeito da mercadoria, como nome, preço, descrição e, claro, imagens.

Feito isso, a plataforma enviará uma mensagem de “processando” para analisar se o produto está dentro das diretrizes da rede social. Estando tudo certo, ele será disponibilizado em 24 horas.

Você também pode criar coleções, principalmente, para destacar produtos específicos e organizar tudo por categorias. Para isso, basta acessar loja e clicar em “Adicionar coleção”.

Então, você acessará a página de ferramentas de publicação, feito isso, clique em “+ adicionar coleção” e dê um nome a ela, como “contratar seguro automóvel”, no caso de seguradoras.

Escolha se a coleção será visível publicamente ou o destaque da loja, e clique em salvar. Depois de fazer tudo isso, chegou o momento de promover a marca no Facebook, como forma de torná-la mais conhecida e atrair clientes.

A divulgação pode ser feita por meio de estratégias em marketing de conteúdo, como falamos anteriormente, ou usando o Facebook Ads para impulsionar os produtos e serviços por meio de anúncios pagos.

Feito isso, é só começar a trabalhar e vender tudo o que a sua marca tem a oferecer, com tranquilidade para você e seus clientes.

Conclusão

As redes sociais mudaram a maneira como as pessoas se comunicam e também como compram. As compras pela internet só vêm aumentando, e isso inclui as redes sociais como um excelente canal.

Seja para lojas físicas ou e-commerce, sem dúvida, o Facebook se mostra como uma excelente oportunidade para aumentar as vendas e alavancar o negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.