HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Como desenvolver a cultura digital em sua empresa?

Home  >   Blog  >   Como desenvolver a cultura digital em sua empresa?
Publicado em 24/04/2021

O mundo digital cresce a cada dia, aos poucos todas as pessoas estão aderindo às novas tecnologias que ajudam no desenvolvimento de diversas tarefas diárias. Com o tempo, muitas empresas passaram a desenvolver a cultura digital em suas rotinas.

Inclusive, a cultura digital se tornou um modo de facilitar a vida dessas empresas em diversos quesitos, desde a aceleração dos processos, possibilitando uma melhor organização, até o tratamento dos clientes.

Tudo ocorrendo de forma digitalizada e concisa. Esse é o futuro, por isso, é preciso saber como desenvolver a cultura digital dentro de todas as empresas, justamente para que exista a criação do ambiente virtual.

Imagine as empresas que você consome diariamente sem estarem integradas no ambiente digital. Pense nos bancos, o quanto conseguiram diminuir o volume de filas e atendimentos desnecessários quando integraram o acesso pelos computadores e smartphones.

Como desenvolver a cultura digital em sua empresa: notebook e celular ao lado de um café sobre uma mesa.

Pagamento de boletos, transferência bancária, depósitos nas poupanças e acesso à carteira de investimento, tudo em um único aparelho digital, além de toda a equipe que ganhou emprego para gerir e atender todos esses novos clientes virtuais.

Viu? Implementar uma cultura digital em sua empresa é tão eficaz como um serviço PABX, esses meios foram criados para auxiliar todos os colaboradores de uma empresa a conseguirem trabalhar por menos tempo e atingir mais resultados.

Neste artigo, ensinaremos cinco passos de como desenvolver a cultura digital em sua empresa de forma clara, transparente e eficaz. Papel e caneta na mão? Ou melhor, acesse o bloco de notas em seu computador ou celular, e vamos ao artigo.

1 - O exemplo vem de cima

A criação de uma cultura digital passa pelo processo em que os líderes tomam a decisão de mudar a forma como coordenam a empresa e se abrem para novas experiências de trabalho. Assim, começa uma cooperativa, como se fosse uma empresa de call center SP.

É comum que nessas empresas, dependendo do produto, os colaboradores tenham livre arbítrio para falar com os gestores sobre as demandas que estão ocorrendo, bem como atuam em conjunto para que seja possível a venda dos produtos.

Fato é que em uma cultura organizacional digital, as pessoas tendem a ser multitarefas ou seja trabalham para cumprir metas e não para seguir ordens de alguém. O modelo tradicional, onde rege o ditado “manda quem pode e obedece quem tem juízo", cai por terra.

Isso ocorre, pois no ramo digital uma pessoa pode ser especialista em um assunto e leiga em outro, mas é preciso realizar duas tarefas correlacionadas. Então, caso não exista uma relação de proximidade, as pessoas tendem a ter medo de solicitar ajuda.

Além disso, uma empresa que trabalha em um sistema de hierarquia horizontal, onde as ordens podem sair do centro, mas são distribuídas igualmente entre os colaboradores, é possível notar talentos e habilidades da equipe, antes desconhecidos.

2 - Mantenha a base cultural

A mudança digital precisa acontecer em quase todos os segmentos do mercado, então, não importa se é um escritório contábil São Paulo ou uma startup focada em desenvolver novas tecnologias, de fato é preciso que ocorra uma transformação digital.

Essa transformação precisa ocorrer por meio de uma ideia base, ou seja, de uma empresa correta que age de forma rápida e certeira como o mundo digital, mas isso não significa que se deve abandonar tudo o que foi construído.

Antes dessa mudança, a empresa já tinha alguma característica, ou seja, um identidade que pode ser reaproveitada com adaptações para a nova cultura digital. Sonhos, missões e valores não são coisas fáceis de serem descartadas, por isso é preciso ter uma base.

A melhor forma é conectar o passado ao futuro, utilizando tudo que funciona e aprimorando e descartando tudo o que pode estar prejudicando a empresa, deixando os processos ultrapassados. Essa é a melhor maneira de encontrar os motivos que fazem sua empresa não crescer.

Consulte os colaboradores e os observe, veja como as pessoas agem com essas mudanças e, se for preciso, ajude no processo de adaptação. Isso também é importante.

3 - Mindset Digital

O chamado mindset é atingido quando todos os colaboradores da empresa pensam de forma digital, ou seja, sabem exatamente quais são os planos que a empresa tem para si e para os seus colaboradores, e estão totalmente integrados em todos os processos organizacionais.

Como desenvolver a cultura digital em sua empresa: pessoas comemorando os resultados positivos da empresa.

É uma espécie de mente coletiva, que funciona unicamente para a consolidação de um pensamento digital, onde todos conseguem se desenvolver, criar e gerar receita para a empresa, seja ela uma empresa de fomento mercantil ou uma farmácia.

Para que isso ocorra, é preciso que os processos organizacionais sejam automatizados a ponto que a equipe esteja liberada para desenvolver esse pensamento, somente assim o mindset digital será criado.

Exigirá um certo tempo e dedicação, bem como acontecerão algumas baixas, mas tenha em mente que esse é um futuro e diversas pessoas estão em busca de uma oportunidade de concorrer a uma vaga em alguma empresa que desenvolveu uma cultura digital.

4 - Contrate de acordo com as mudanças

Algumas pessoas podem não se adaptar à mudança, mas pode ser que seja necessário a alteração de alguns colaboradores.

Mesmo que não ocorra uma transformação digital, exigirá que a empresa faça contratações pontuais para a sua implementação. Entre as principais características:

  • Pessoas que criam a mudança;
  • Pessoas integradas no ramo digital;
  • Pessoas que sejam ambiciosas;
  • Pessoas que sejam visionárias.

Esses são alguns pontos de pessoas que podem ser contratadas para uma empresa que deseja construir uma cultura digital. Muitas podem estar passando pelo primeiro desenvolvimento de software sob medida, mas mesmo sem experiência são visionárias.

E é justamente disso que você precisa, pessoas interessadas, que saibam buscar por soluções mais do que apresentam erros. Esse é o novo perfil digital que temos com o surgimento da cultura digital.

Contratar sempre pode ser um problema, mas existem locais que possibilitam um filtro de pessoas, como o Linkedin, que é acessado por pessoas interessadas no mundo dos negócios. Você pode chamá-las em uma chamada de vídeo e fazer uma dinâmica.

Escolha os melhores durante a atividade, para assim ter a certeza que os novos integrantes estejam de acordo com a cultura estabelecida pela sua marca, seja ela uma empresa de portaria ou afins.

5 - Pense no cliente

Um dos pontos mais fortes da cultura digital e dos desenvolvedores em geral, é a empatia com o cliente, ou seja, imaginar-se sempre em como o cliente estará utilizando o produto, para estar sempre aprimorando os processos dentro da empresa.

É o cliente o responsável por tudo aquilo estar acontecendo. Sem ele não seria possível manter toda aquela equipe, mesmo que existam investidores, o fato é que a empresa conta com pessoas que confiam no produto que lhes é oferecido.

Então da mesma forma que atua um programa gestão comercial, que busca sempre as melhores opções e formas de auxiliar o cliente, também deve ocorrer com a implementação da cultura digital.

Tudo isso só poderá ser feito após traçar um perfil de seus colaboradores e adotar estratégias que os beneficie e os faça se sentirem felizes e representados. Investir nas redes sociais ou em um aplicativo mais responsivo e moderno são opções.

Assim como a implementação de um sistema de sustentabilidade que preserva mais o meio ambiente fará com que o seu cliente fique mais feliz por estar com a marca. Gere sempre uma boa experiência ao seu funcionário, invista em treinamento de equipes e atendimento.

Considerações finais

Vimos ao longo de todo o artigo a importância e os benefícios que implantar uma cultura digital na sua empresa trazem a médio e longo prazo.

É inevitável que essa mudança chegue para todos, por isso é bom se adaptar às novidades que o mercado continuará trazendo.

A parte legal é que essa cultura pode ser implementada em qualquer empresa que tenha o desejo de fazer da era digital o meio para ganhar dinheiro. Um exemplo são as diversas empresas de contabilidade que aderiram ao meio digital.

Por se tratar de assuntos que poucas pessoas têm o conhecimento, as empresas passaram a adotar um método mais transparente para que os consumidores possam entender o que estão comprando e, se possível, fazer o serviço sozinhos.

Portanto, organize uma cultura digital aproveitando os pontos positivos que a antiga cultura deixou, aprimore os pontos positivos e retire os negativos, não tenha medo da mudança e busque pessoas que acreditem nessa vontade de crescer.

Esperamos que você tenha gostado dessas dicas e tente aplicá-las de forma progressiva em seu dia a dia, principalmente para alcançar seus objetivos. Agora é com você, boa sorte.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.