HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Como selecionar seus fornecedores?

Home  >   Blog  >   Como selecionar seus fornecedores?
Publicado em 28/09/2021

Todo grande negócio é capaz de aliar diversos pontos importantes de destaque, entre eles está a escolha dos fornecedores para composição de uma boas parcerias para garantir que o negócio obtenha sucesso.

Fazer a gestão de fornecedores é um dos aspectos mais desafiadores que um empreendedor pode ter na administração de seu negócio. Basta pensar em um supermercado, por exemplo.

Quando vamos em um supermercado esperamos encontrar tudo aquilo que precisamos de maneira que seja possível agregar qualidade, quantidade e preço.

Quando entramos em algum estabelecimento e algum desses aspectos não é obtido, é quase certo que iremos procurar outro local. Isso ocorre não somente no setor alimentício, mas com tantos outros segmentos que compõem o mercado de produtos.

Como selecionar seus fornecedores: equipe discutindo sobre seleção de parceiros.

Para as empresas que oferecem serviços, há também a necessidade de bons fornecedores que possam oferecer produtos de boa qualidade e no tempo certo. É o caso de um fornecedor de flores que não pode esperar para fazer as entregas, jjá que existe um prazo.

Um caso bem comum da rotina brasileira são os salões de beleza. Já imaginou um cabeleireiro e o produto químico que o profissional está passando em seus fios de baixa qualidade?

Por mais que o profissional seja qualificado, a qualidade do produto irá interferir no resultado final do seu cabelo.

Existem muitos lugares que investem na imagem do local com projetos bonitos, iluminados e aconchegantes, mas somente um produto de boa qualidade poderá manter os clientes consumindo dentro dele.

Os investimentos visuais são complementares ao produto ou serviço que o empreendimento estiver oferecendo, pois a raiz qualitativa deve ser a origem de todo o produto. Por isso, selecionamos uma série de dicas de como você pode selecionar os seus fornecedores.

1- Foco na origem do seu fornecedor

Essa é uma informação de extrema importância, principalmente para pequenos negócios e segmentos que precisam lidar com algum tipo de matéria-prima bem específica no mercado, como:

  • Produtos químicos;
  • Produtos de saúde;
  • Material de construção;
  • Material importado.

Uma distribuidora de areia, por exemplo, deve sempre se ater às regras ambientais para a retirada do material e finalmente efetivar sua entrega para as empresas parceiras. Assim como diversos outros produtos que compõem outros segmentos.

Os clientes estão cada vez mais curiosos em saber o que consomem, e existem leis que impedem a compra de matéria-prima e produtos de origem clandestina. Sempre realize uma pesquisa sobre os fornecedores, busque referências.

É interessante também buscar os produtos pela marca, verificando em seus sites oficiais os locais específicos para lojistas. Nesses canais, existe a opção de acesso a fornecedores oficiais da marca que são divididos por região.

A ideia é simples, se você busca por um fornecedor de piso tátil, basta separar todas as marcas que você deseja comprar o produto e entrar especificamente no site de cada uma delas.

Em seguida, basta buscar pelas informações que dissemos acima. Quando você começar a entrar em contato com os fornecedores, verá que alguns deles trabalham com mais de uma marca.

2 - Qualidade dos produtos

A qualidade dos produtos precisa ser privilegiada até acima do valor do mesmo. Isso ocorre por conta da necessidade constante de entregar algo que realmente faça a diferença na vida do consumidor, já que a concorrência é forte e atinge a realidade de muitos.

Falaremos logo a seguir sobre o preço, mas de imediato tenha em mente o que você deseja entregar ao consumidor. Os mercados voltados a um público geral podem optar por produtos de menor qualidade devido ao preço cobrado.

Contudo, se formos pensar em uma distribuidora de produtos de limpeza, o objetivo dos produtos são bem claros, assim como outros determinados exemplos que poderíamos utilizar.

Isso mostra que dependendo do caso, não há possibilidade de economia, já que a qualidade do serviço está atrelada também à qualidade do produto.

3 - Preço dos produtos

É preciso entender que o gerenciamento de fornecedores também passa pelo preço, afinal, toda gestão detém um determinado orçamento e a necessidade de produzir mais gastando o mínimo possível é sempre uma realidade existente entre as empresas.

Como selecionar seus fornecedores: dois colaboradores analisando dados de precificação de produtos.

Apesar disso, o preço não pode prevalecer a qualidade do que você oferece. Por isso, a necessidade de fazer diversos orçamentos com o maior número possível de fornecedores dentro do prazo para que seja possível a obtenção do melhor custo-benefício.

Essa é uma expressão bastante utilizada no meio popular, mas pouco praticada. As pessoas ainda têm muito receio de romper antigas parcerias mesmo que essas ofereçam poucos benefícios.

Para exemplificar o que estamos falando, até para questões de segurança, é importante saber bem definir o padrão de qualidade da sua empresa para então escolher os melhores fornecedores para ela.

Já se tornou comum a contratação de uma empresa de construção sustentável para planejar os projetos do futuro.

Sabe-se que o ramo ambiental está cada vez mais em pauta e a sustentabilidade será um dos requisitos das empresas que desejarem ter uma boa imagem.

Além disso, a construção utilizando produtos mais sustentáveis, por ser um mercado alternativo, é bem complicado de localizar e produzir produtos por preços acessíveis. Justamente porque é necessário entregar algo com a mesma qualidade do mercado atual.

Se for para realizar toda uma construção sustentável, mas querendo economizar muito, é possível correr o risco de perder qualidade no resultado final.

Entretanto, existe o fator segurança no trabalho. Reduzir a qualidade de um produto por conta do valor, pode significar estar assumindo riscos maiores. Esse cuidado é ainda maior quando o assunto são produtos de estética, já que são aplicados diretamente nas pessoas.

Por isso, defina o seu público e monte um plano de marketing que direcione o seu produto para as pessoas condizentes com a sua ideia de negócio.

Desse modo, ninguém se assusta com o valor cobrado e você consegue entregar seus produtos com a mesma qualidade que um fornecedor de alimentos sem glúten.

4- Produção e reposição

Esse é um ponto importante que se faz necessário em produções de larga escala e pedidos frequentes. Normalmente, um negócio é criado com uma projeção mínima e outra otimista, mas ocorre muitas vezes de uma ideia superar todas as expectativas.

Em uma realidade dessas,ou no caso de um crescimento exponencial da sua empresa, é necessário ter fornecedores que produzem o suficiente para te atender sempre que for necessário. E para que isso seja possível, será preciso priorizar as comunicações.

Seu fornecedor precisa dar prioridade aos seus pedidos, mesmo que isso não seja possível, aquilo considerado como o mínimo para efetivação de um produto deve ser levado em consideração.

Por exemplo, já imaginou uma fabrica de porta de aço de enrolar onde falta aço para confecção do produto? Essa é uma matéria-prima que precisa estar sempre em estoque, mas quando falamos de produtos mais esporádicos, os clientes aceitam aguardar um pouco.

Apesar disso, a concorrência está sempre tentando conquistar novos clientes, o que pode se tornar até mesmo uma janela para eles. Portanto, planeje-se e esteja atento para qualquer tipo de problema, além de manter uma comunicação ativa com seu consumidor.

Conheça os benefícios de fazer a melhor escolha

Você já aprendeu a fazer a melhor escolha para a sua empresa, mas talvez ainda esteja se perguntando o motivo de não fazer com um amigo do lado que está começando no mercado.

A escolha correta do seu principal parceiro, o fornecedor, gera diversos benefícios.

O primeiro deles é a redução de custos, pois é uma negociação que envolve parceria e alguns trâmites burocráticos, que com o tempo, deixam de ser um problema. Isso pode economizar tempo e dinheiro dos dois lados.

O segundo é a fidelização gerada, afinal, até mesmo os clientes passam a compreender a qualidade do produto oferecido. Manter um padrão de produtos e serviços prestados melhora a qualidade da imagem da sua empresa perante todos.

Faça uma consultoria contábil empresarial e você verá a necessidade de reduzir os custos tentando atrelar sempre a compra a consumidores que consigam atender a todas as demandas da sua empresa.

Portanto, é preciso estar sempre ciente das dicas que demos acima para saber selecionar seus fornecedores da melhor forma possível. Você verá que com o tempo, passará a ter um controle melhor do seu estoque e poderá até mesmo terceirizar essa demanda.

De todo o modo, essas foram as principais dicas de como você deve escolher seus fornecedores junto dos benefícios que serão adquiridos por essa escolha. É preciso apenas se ater aos cuidados que envolvem preço, escolha, reposição e imagem.

Graças a essas escolhas, você será capaz de atender melhor seus clientes e aumentar consideravelmente o número de pessoas a aderirem ao seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.