HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

O que fazer quando conquistar novos clientes?

Home  >   Blog  >   O que fazer quando conquistar novos clientes?
Publicado em 06/05/2021

Para qualquer tipo de empresa, conquistar novos clientes é sempre um resultado agradável, ainda mais quando se está iniciando um negócio, já que estes primeiros consumidores servirão como base para estudos de boas e más práticas de venda.

E embora muitas companhias de fato alcancem números consideráveis de novos clientes, muitas vezes elas acabam não sabendo como utilizar essa situação a seu favor, contribuindo para a melhoria de serviços e produtos, e quem sabe, de técnicas de trabalho.

Esse talvez seja o erro de grande parte dessas empresas, já que apenas um cliente conquistado pode ser considerado suficiente para que estudos de caso sejam feitos, levando em consideração suas preferências, sentimentos e experiências de compra.

O que fazer quando conquistar novos clientes: notebook e celular ao lado de um café sobre uma mesa.

Além disso, equipes internas podem ampliar a forma como trabalham, criando, por exemplo, um novo fluxo de vendas, ou uma nova forma de trabalhar a comunicação da empresa, algo que pode ser visto seja em uma fabrica de mochilas, ou em um site de cursos online.

Para sanar todas as suas dúvidas sobre o que de fato fazer ao se deparar com novos clientes, acompanhe o seguinte artigo, que vai apontar não apenas as principais dicas para ter uma boa cartela de clientes, mas também como proceder após a conquista.

A importância da conquista de clientes

Começar um negócio não é tarefa fácil. São muitas as providências a serem tomadas e as responsabilidades de profissionais que trabalham com vendas, seja de um produto, como os de uma empresa de uniformes, até um serviço, como consultorias variadas.

Mas dentre as principais questões que envolvem um crescimento saudável, e principalmente, exponencial, está o reconhecimento sobre como o serviço é visto pelos consumidores em geral, tendo como forte aliado nessa pesquisa a versão do cliente.

Por exemplo, uma nova empresa digital de serviços de saúde, que acaba de formular seus serviços e sua atuação a partir de pesquisas prévias de mercado e de público, acaba de concretizar seu primeiro feito: o interesse de compra por parte de um cliente.

Essa pessoa, ainda que esteja dentro do grupo focal que a empresa determinou como alvo, pode trazer diferentes informações para que a companhia entenda o processo no qual estão trabalhando, como no caso da experiência de compra virtual de roupas.

Afinal, ainda que do ângulo da empresa toda a estratégia de venda esteja convincente e de fato seja efetiva para a obtenção de novos clientes, somente aquela pessoa que fez uma compra pode dar um aval sobre a vivência da aquisição e do produto em si.

Mas para além de pesquisas de melhorias dentro da própria marca, muitas vezes empresas, após concluírem um processo com um cliente, acabam deixando-o de lado, em uma espécie de atitude onde a conquista acabou e agora nada mais é interessante.

Esse talvez seja um dos principais erros atuais, a falta de foco no pós-venda, já que no momento em que um cliente entra para o mundo daquela corporação ele sente uma conexão e de fato necessita mais do que um bom produto e um bom atendimento.

Hoje em dia, ficou cada vez mais claro que empresas precisam continuar o relacionamento com seus clientes, visto que com a fidelização e a divulgação para redes de contatos um potencial público-alvo pode surgir, deixando mais evidente a marca no mercado.

Para uma empresa de serviços de contabilidade, por exemplo, essa é uma estratégia necessária, visto que nesse segmento, assim como em outros tantos, o boca a boca é a alma do negócio, e a principal porta de entrada para novas oportunidades.

Por essas e outras, ao momento que um cliente entra na empresa, ele deve ser não apenas cuidado, mas também entendido, um trabalho árduo, mas que pode gerar benefícios tremendos, necessários hoje em dia para uma sobrevivência comercial.

Principais dicas para ter uma boa carteira de clientes

Mas antes mesmo de saber o que fazer ao conseguir um novo cliente, é preciso saber filtrar uma cartela de consumidores da maneira correta, fazendo tal como o semeio em uma plantação, que poderá gerar grandes e consideráveis frutos.

Por exemplo, para que uma empresa de fornecedor de papel toalha e higienico possa de fato pensar nas estratégias de pós-venda, onde o cliente deve ser ainda mais importante, o negócio precisa saber como mandá-lo a essa estratégia, ainda no começo.

Veja abaixo tudo aquilo que deve ser lei dentro da captação de clientes:

1. Defina os diferenciais do seu negócio

Antes de mais nada, é preciso que você defina os potenciais do seu negócio, sabendo exatamente qual a finalidade de seu serviço e de que maneira sua empresa poderá resolver algum problema ou trazer uma solução para o público.

O que fazer quando conquistar novos clientes: cubo vermelho em meio a vários cubos marrons.

Por exemplo, uma empresa de dedetização, ao entrar em um mercado local, deve saber exatamente quais são seus clientes em potencial, e tentar, das melhores formas possíveis, suprir suas necessidades por meio de serviços e atendimentos impecáveis.

2. Conheça seu público-alvo

Entender de fato seu público poderá ajudar sua empresa, mais à frente, a interpretar o comportamento desse consumidor da melhor forma possível. Para isso, procure não apenas fazer estudos sobre o mercado e sua área de atuação, mas fazer entrevistas.

Esse entendimento vai ajudar você a ter maior controle sobre como suas estratégias serão feitas, e como, ainda, elas poderão ser cada vez mais efetivas.

3. Pense em estratégias de captação

Nessa parte, já com informações sobre seu público-alvo em mãos e tendo a plena certeza sobre o que sua empresa oferece como diferencial, trace os principais caminhos estratégicos para vender, que podem incluir:

  • Marketing;
  • Setor de vendas;
  • Atendimento ao cliente;
  • Tomadores de opiniões.

Nesse momento, o ideal é fazer com que essas pessoas sejam cada vez mais engajadas a consumirem seus produtos, ou até mesmo a desejarem mais informações sobre ele, entrando em uma captação de leads, por exemplo, por meio de formulários.

4. Foque em um tratamento próximo com clientes

Estreitar os laços ainda no início de uma estratégia de venda pode ser algo positivo para o futuro do relacionamento pós-venda. Isso porque, quanto mais a empresa se encaixa no estilo de vida daquele cliente, entendendo seus desejos, melhor ela é vista.

5. Ofereça produtos que seu consumidor precisa

Sempre procure manter relacionamentos onde a troca principal é uma solução, a resolução de um problema. E mesmo que a venda já tenha ocorrido e que seu cliente já esteja satisfeito, é sempre interessante pensar em formas de mantê-lo por perto.

Por exemplo, uma empresa de aluguel de cabine de fotos pode oferecer para clientes constantes uma promoção especial para determinados tipos de eventos, agregando uma utilidade em um serviço que já foi visto como satisfatório.

Como proceder após a conquista do cliente

O pós-venda, onde de fato a empresa tem o contato com o seu cliente, pode ser um ambiente favorável para estruturações na forma de vender e também de trabalhar, algo que impacta nos próprios ambientes de trabalho.

Veja a seguir o que você deve fazer para cuidar da sua cartela de clientes com a máxima qualidade, aproveitando as oportunidades que possam surgir.

Integração de setores

O entendimento entre diferentes setores em uma empresa que está começando a tratar sua cartela de clientes deve ser essencial.

Nessa fase, quase sempre será necessário lidar com ideias diferentes para que se alcance um entendimento pleno sobre o consumidor.

Aumento da produtividade

Quanto mais clientes, mais trabalho a fazer. Se você trabalha, por exemplo, em uma empresa de segurança eletrônica que tem um quadro de trabalho extenso, é possível que a produtividade seja uma ótima aliada para a entrega de bons trabalhos.

Pense em novos membros para a equipe

Talvez seja necessário que sua empresa passe a contratar mais profissionais, visto que, com cargas maiores de trabalho, nem sempre o seu time será suficiente, por exemplo, em serviços prestados dentro de uma empresa especializada em construção civil.

Faça reuniões e troca de ideias diariamente

Quando um negócio começa a pensar em novas estratégias, focando na maior adequação aos clientes no pós-venda, as equipes devem estar cada vez mais unidas e trabalhando em uma mesma sincronia, o que exige reuniões e brainstorms frequentes.

Considerações finais

Os clientes são a base de um negócio, pois além de acreditarem nos produtos e serviços que são oferecidos, eles também são parte de um sistema de reconhecimento e ampliação de estratégias dentro de uma empresa, algo que deve ser sempre bem trabalhado.

Por esses e outros motivos é tão importante trabalhar a carteira de clientes, sabendo exatamente o que fazer antes e depois de, por exemplo, conquistar boas vendas do seu produto no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.