HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

O que você precisa saber antes de fazer a migração de seu site

Home  >   Blog  >   O que você precisa saber antes de fazer a migração de seu site
Publicado em 25/03/2022

Fazer a migração de seu site é um processo que exige muita atenção, uma vez que arquivos podem se perder se você não realizar o procedimento correto, seja do site de uma fabrica de lustres ou de uma empresa de tecnologia.

Entretanto, é importante reforçar que isso não é nenhum bicho de sete cabeças e pode ser realizado com qualidade.

Essa é uma tarefa que impacta diretamente seu posicionamento junto aos motores de busca, o que a torna um desafio em particular para quem trabalha com SEO (Search Engine Optimization), uma vez que esse processo deve ter o máximo de controle possível.

Por isso, fazer uma migração demanda muito planejamento e estratégia para ser realizada com efetividade, analisando cada detalhe para tentar evitar perdas nos resultados da empresa, principalmente se ela recebe parte de sua receita por conta da plataforma online.

O que você precisa saber antes de fazer a migração de seu site: profissional digitando no teclado.

O fato de esse ser um processo muito complexo demanda que todos os profissionais da empresa de painel de led quadrado, por exemplo, estejam no mesmo tom de voz. Isso significa que desde os gestores até a área operacional devem estar cientes de tudo.

A comunicação é um elemento fundamental para esse tipo de ação funcionar, possibilitando uma série de esforços em relação a essa atividade que terão resultados muito mais positivos quando estiver terminando a migração.

Ainda que algo saia de seu planejamento, o que é muito comum nesse tipo de tarefa, é mais fácil lidar com os resultados da ação quando você tem algum tipo de planejamento pronto para qualquer tipo de falha.

Por que migrar seu site é importante?

Muitas pessoas podem estar se perguntando porque fazer a migração do site de uma empresa de cálculo estrutural, por exemplo, e a verdade é que existem diversos motivos que podem levar a esse processo.

Isso acontece primordialmente quando os serviços de seu provedor não estão mais adequados.

Muitas empresas optam por configurações mais modestas em seus sites, e quando começam a receber um fluxo de visitantes maior, isso começa a gerar problemas no plano de hospedagem.

Neste caso, mudar para outro plano, para um servidor dedicado ou mesmo mudar de operador pode ser o melhor caminho para você conseguir manter a qualidade de seu site, permanecendo em atividade para estas pessoas poderem visitar.

Em outros casos, o site ficou muito antigo, e usa uma programação muito lenta e pouco funcional. Entretanto, em alguns casos o provedor de serviços não é compatível com modelos mais modernos como os que você deseja testar.

Nestes casos, é preciso fazer um backup de todos os dados anteriores para conseguir migrar para este novo modelo, que oferece mais funcionalidade como:

  • Espaço de armazenamento;
  • Velocidade de carregamento;
  • Responsividade do site;
  • Funcionalidades extras.

Qualquer empresa que pensa em melhorar no futuro e que deseja crescer enquanto companhia eventualmente terá de pensar nesse tipo de situação, enfrentando em algum momento a migração para um site mais adequado.

Existem diversas alterações que podem acontecer neste processo, algumas com um impacto direto em seus resultados de busca, como a alteração de URL de sua empresa de gestão ambiental, por exemplo.

Então, mudar seu endereço eletrônico traz uma série de impactos no tráfego de seu site. Entretanto, é possível manter seu posicionamento no mercado e sua relevância se você souber fazer a migração de forma adequada.

Ou seja, com os redirecionamentos corretos e permitindo que a taxa de procura de sua empresa não caia durante esse tipo de ação.

Veja como fazer uma migração bem sucedida

O processo de migração de seu site não deve ser levado de forma leve. Trata-se de uma ferramenta importante para a estrutura de sua identidade virtual, e isso demanda atenção e cuidado constante.

O que você precisa saber antes de fazer a migração de seu site: diversos layouts de sites responsivos.

O primeiro ponto é procurar um profissional de SEO. Isso não significa só alguém que entende desse conjunto de ferramentas, mas um especialista, que tenha prática e experiência com migrações de website.

Se você não tiver um profissional destes para contratar para sua empresa, pode procurar uma agência de consultoria ou de marketing digital, que muitas vezes conta com especialistas nesse tipo de trabalho.

Qualquer link quebrado pode prejudicar imensamente sua empresa, por isso é importante que você tome todo o cuidado e tenha atenção no planejamento, para que a mudança seja calculada e que não exista nenhum tipo de problema durante esse processo.

Além disso, fazer a migração é um processo que pode te fazer perder tempo e recursos, ainda que seja uma necessidade. Por isso, escolha muito bem o momento de agir com esse tipo de ação.

Deixe datas importantes para sua empresa de usinagem e ferramentaria, por exemplo, como eventos sazonais e datas comemorativas, e opte por fazer a migração em um período onde a procura já é naturalmente menor.

Assim, você não perde oportunidades de venda durante estes períodos mais agitados. Também não tente fazer tudo apressadamente.

Lembre-se sempre: esse não é o tipo de recurso que você quer que termine rápido, e sim que ele seja realizado com maestria, e que a execução da migração corra perfeitamente bem.

Dessa forma, você consegue ter uma identificação melhor do que precisa ser feito e quais ações tomar para garantir a efetividade desse tipo de migração, evitando problemas maiores no futuro.

Informações relevantes sobre a migração de site

Os algoritmos de motores de busca, também conhecidos como “robôs”, são responsáveis diretos pela indexação de páginas e sites que estão disponíveis na internet.

Eles trabalham constantemente, sem nenhum tipo de pausa ou descanso, para lidar com a quantidade de informação que a internet recebe o tempo todo. Entretanto, fazer uma migração de site em muitos casos representa fazer uma alteração completa nestas ferramentas.

O principal ponto a se atentar durante a migração de seu site de venda de ferramentas elétricas é impedir que os algoritmos identifiquem alguma página sua como uma página vazia, com o famoso “erro 404”, que comumente você encontra em sites desativados.

Caso os algoritmos identifiquem páginas vazias em sua estrutura de sites, eles entendem que todo o seu conteúdo está fora do ar, removendo-o dos índices que costuma utilizar para gerar resultados quando um consumidor escolher fazer uma pesquisa.

Caso isso aconteça, todo o investimento para conseguir um posicionamento em motores de busca que você realizou em seu site é completamente perdido. Recursos, tempo e dedicação de profissionais para tornar seu site mais adequado são jogados no lixo.

Com isso, você começa a receber menos engajamento, o que se reflete em menos leads, menos oportunidades e, por fim, uma diminuição em seu faturamento, uma vez que as vendas começam a se perder cada vez mais.

Para evitar essa situação desastrosa, é muito importante saber fazer o SEO durante a migração, mantendo a estrutura de seu site durante o processo e conseguindo evitar a perda considerável de resultados.

Isso não significa que você não perderá esse tipo de ação, mas de fato se torna mais fácil fazer a migração de sua empresa e continuar se mantendo relevante no mercado digital, aparecendo em resultados de pesquisa como um distribuidor de fibra de vidro.

O que precisa ser migrado?

Um profissional qualificado em SEO saberá que tipo de atenção dar para sua migração, uma vez que muitas vezes nem mesmo o dono da empresa sabe quantas páginas passam por este processo normalmente.

Mesmo um site pequeno pode ter milhares de páginas específicas que precisam ser migradas, e fazer isso em uma ordem específica é o melhor caminho para manter a estrutura adequada para os indexadores.

A verdade é que existem páginas que demandam uma atenção imediata e outras que podem esperar um pouco mais, e esse tipo de estrutura permite uma migração mais segura para o site de sua empresa.

Mesmo que não sejam as páginas que trazem mais cliques, aquelas que possuem backlinks devem ter prioridade na migração, uma vez que elas são responsáveis diretas por validar a autoridade de um determinado site de, por exemplo, uma loja de peças para compressores.

Muitas pessoas podem deixar páginas de lado durante a migração por não entenderem a importância que essas ferramentas possuem para garantir mais funcionalidade para seu site junto a motores de busca.

Por isso, contar com um mapeamento adequado de seu site é uma das principais maneiras de fazer a migração acontecer de forma consciente e minimizando as perdas.

Considerações finais

Fazer a migração de um site é um processo bastante complexo, mas muitas vezes necessário para você poder oferecer um resultado mais adequado para seus consumidores, tornando sua empresa mais eficiente dentro do ambiente digital.

Por conta disso, é muito importante saber como fazer esse tipo de processo, otimizando suas ações para evitar ao máximo passar por problemas durante a migração, principalmente com a perda de resultados reais.

Uma companhia que saiba aplicar a migração de forma adequada consegue se manter em alta no mercado, possibilitando que esta mudança otimize ainda mais suas oportunidades de negócios e coloque-a em uma posição de liderança em seu segmento de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.