HOME
EMPRESA
SERVICOS
CLIENTES
PLANOS
BLOG
CONTATO

Por que criar uma newsletter?

Home  >   Blog  >   Por que criar uma newsletter?
Publicado em 21/07/2021

A newsletter é um e-mail que a empresa envia com frequência para uma lista de contatos de pessoas que desejam receber o conteúdo. Trata-se de um tipo de boletim informativo que comunica ofertas e divulga conteúdos de sites.

Hoje em dia, a newsletter é uma importante ferramenta para o marketing, estando entre as principais estratégias dentro de uma organização.

Uma das maneiras mais inteligentes de atrair novos clientes é oferecendo conteúdo de qualidade. Então, é importante que você entenda isso, porque é a razão para investir em materiais como a newsletter.

O consumidor moderno está inserido na era da informação, e para ele é essencial se relacionar e confiar nas marcas, antes de comprar qualquer coisa. Diante de tantas possibilidades no mercado, é importante conquistar a confiança dele.

Por que criar uma newsletter: pessoa criando uma newsletter em um notebook.

Assim, a criação de conteúdo é uma forma de fazer isso, e a newsletter é um material compatível com as necessidades das pessoas. Mas para colher bons resultados, é necessário saber trabalhá-la, assim, todo o investimento vai valer a pena.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é newsletter, como construí-la para engajar as pessoas e suas vantagens. Acompanhe o texto com a gente.

O que é newsletter?

Newsletter é um tipo de e-mail marketing disparado frequentemente para uma lista de contatos de pessoas que desejam recebê-la, com a intenção de fortalecer o interesse entre a marca e seu público-alvo.

É possível tratar sobre diversos conteúdos, sendo uma boa opção para trabalhar o e-mail marketing do negócio. Quando as empresas de limpeza e conservação utilizam essa prática, a intenção não é vender seus serviços, mas trabalhar suas estratégias de produção.

Lembrando que ela deve entregar valor aos destinatários, e ainda gerar tráfego orgânico ao site ou blog, e nutrir o lead dentro do funil de vendas.

No marketing digital, essa estratégia ajuda a capturar leads, visto que ela ajuda a formar uma lista de contatos boa, com potenciais clientes qualificados e que realmente têm interesse no que a empresa oferece.

E para receber a newsletter, o usuário só precisa se cadastrar por meio de um formulário com seu nome e endereço de e-mail. Com isso, a companhia cria uma lista de e-mails com contatos qualificados, podendo se relacionar com pessoas que podem se tornar seus clientes.

É uma forma de estreitar o relacionamento com os consumidores e estabelecer uma comunicação assertiva e duradoura com os leads. Ademais, a newsletter utiliza um canal de comunicação mais particular com o público, sem interrupções, como no caso das redes sociais.

Se uma loja de materiais de construção envia uma newsletter informando sobre piso vinílico em promoção, pode gerar ótimas oportunidades de vendas.

Entretanto, se a intenção é lucrar com essa estratégia, é necessário cautela, porque o propósito dela não é vender diretamente, mas, sim, aprofundar o relacionamento entre a marca e seu público.

Esse é seu papel dentro do marketing digital. A intenção é entregar conteúdo valioso para as pessoas, de modo a atender às necessidades e interesses do público-alvo. Consequentemente, a marca ganha mais credibilidade no mercado.

Sabendo o que é uma newsletter, vamos ao próximo tópico para saber como trabalhar com essa prática. Acompanhe a leitura.

Como construir uma newsletter engajante

Para criar um material realmente relevante para o seu público-alvo, de modo a engajá-lo com a sua marca, a newsletter depende de práticas, como:

Determinar as metas e objetivos da estratégia

Se você conhece o papel da newsletter em suas estratégias de marketing, fica mais fácil definir metas específicas para ela.

É necessário ter em mente os resultados que a organização espera com ela, para assim poder mensurar sua efetividade. A empresa pode aumentar o tráfego no site, conquistar mais leads, dentre outras possibilidades.

Ao ter essa informação, uma administradora de condomínios SP, por exemplo, deve determinar quais ações espera dos usuários, para, assim, poder priorizá-las.

O objetivo também ajuda a definir a frequência de envio, e quanto a isso, o ideal é que ela seja enviada uma vez por mês. Mas se o negócio produz bastante conteúdo ou tem um público que gosta de um contato maior, pode aumentar a frequência de envio.

De qualquer forma, é fundamental ter uma frequência constante, para que os contatos possam se comunicar com as mensagens e assim possam ajudar na construção de um relacionamento promissor.

Definir uma ferramenta de e-mail marketing

Ao saber quais são seus objetivos e com que frequência vai enviar os e-mails, fica mais fácil determinar a ferramenta ideal para a sua estratégia. Para qualquer empresa, como uma de modernização de elevadores, não é recomendável disparar newsletter profissional por provedores comuns.

Isso porque esse é um tipo de comunicação em massa que possui regras específicas que, quando não são respeitadas, impedem que os contatos recebam as mensagens na caixa de entrada. Ou seja, elas são enviadas para a caixa de spam.

Criar um layout chamativo

Depois de escolher a ferramenta que vai usar, já pode começar a criar a newsletter. Para isso, a sua marca deve estar em mente, de modo que você possa escolher as cores e o design do conteúdo.

Por que criar uma newsletter: o que é e como fazer: designer definindo o layout da newsletter.

Além disso, prefira poucas informações, mas sempre de qualidade, como nome e e-mail do cliente, com comunicação personalizada, visto que isso ajuda a aumentar o engajamento. E alguns tipos de e-mail são recomendados, como:

  • naoresponda@;
  • noreply@;
  • vendas@;
  • marketing@.

Ao usar uma ferramenta de e-mail, uma empresa de serviços de portaria pode criar duas versões para seus e-mails, sendo uma apenas com o texto e outra em HTML.

A opção HTML vem com as imagens e com o layout da mensagem; já a versão com texto permite atingir usuários com conexões mais lentas, que não carregam a imagem ou para provedores que não aceitam imagens.

Quanto à fonte, o ideal é escolher entre as mais populares, como Times New Roman, Georgia, Tahoma ou Arial. É uma forma de garantir que o e-mail será lido por qualquer pessoa, em qualquer dispositivo.

Definir a periodicidade

A newsletter deve ter uma periodicidade definida, assim como no caso de jornais e revistas, sendo semanal, quinzenal ou mensal.

A periodicidade depende da frequência com que seu negócio consegue produzir o conteúdo, a quantidade de materiais relevantes que podem ser enviados e o comportamento dos assinantes.

Definir o conteúdo

Uma empresa de montagem de quadro elétrico residencial precisa definir o que vai compor o material. Ele pode ser formado apenas por conteúdos novos, mix de conteúdos, chamadas para novos artigos, texto mais chamada, dentre outros.

Você pode inserir links para artigos novos que saíram recentemente e enviar textos exclusivos para quem assina a newsletter. É assim que os contatos receberão algo de valor e podem aprender algo novo.

Tornar o conteúdo escaneável

É necessário organizar como o conteúdo será apresentado no e-mail, e a melhor forma de fazer isso é entregar um material escaneável.

Ou seja, o receptor não precisa ler palavra por palavra. Só de ele bater o olho no material, já vai saber do que se trata a newsletter de uma empresa de controle de acesso para condomínios.

Para isso, podemos usar um elemento conhecido como “quebra-molas”, que fazem com que a pessoa diminua a velocidade da rolagem. Você pode incluir imagens, usar fontes maiores ou negrito, colocar botões, entre outras possibilidades.

Responder todos os assinantes

A newsletter não é uma comunicação de mão única, e pelo fato de um dos seus objetivos ser estabelecer um relacionamento com as pessoas, é essencial responder seus assinantes.

A falta de respostas prejudica o relacionamento com eles, como se a empresa não se importasse com a opinião deles.

Mensurar os resultados

Assim como em qualquer outra estratégia de marketing digital, é necessário mensurar os resultados para saber quais ações estão dando resultados com a estratégia.

Ser mobile friendly

Mobile friendly é usar um design que permita que o conteúdo seja acessado por dispositivos móveis. Isso é essencial, tendo em vista que as pessoas acessam tudo pelo celular hoje em dia.

Fazer testes de conversão

Depois de mensurar os resultados, um fabricante de chapas xadrez pode testar sua newsletter para saber se ela trará melhores resultados.

Uma boa forma de fazer isso é com testes A/B, que mostra qual é a melhor opção depois de algumas modificações em duas versões.

Pontos positivos da newsletter

A newsletter é uma ótima maneira de se comunicar com os contatos do seu negócio e ter um nível de intimidade maior com eles.

Também é uma forma de acesso livre e direto aos assinantes, diferentemente do que acontece em outros canais, como nas redes sociais, que acaba por limitar o alcance orgânico.

Essa prática ajuda a aprimorar os investimentos em Inbound Marketing, além de gerar a oportunidade para o negócio de capturar mais e-mails e construir um bom relacionamento com seus potenciais clientes.

Conclusão

A newsletter é uma estratégia inteligente e fácil de ser trabalhada, como vimos ao longo deste conteúdo. É uma forma de estreitar o relacionamento com sua audiência e elevar a credibilidade do seu negócio perante o público.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.